Mulheres em “autogestão” de pílula correm mais riscos de saúde

“Não há um contraceptivo para todas as mulheres, mas várias mulheres para vários contraceptivos”, sublinha presidente da Sociedade Portuguesa da Contracepção. Casos de embolias pulmonares alegadamente provocadas pela pílula podem resultar em mais gravidezes não planeadas e mais abortos, defende. Quando o assunto é a segurança da pílula contraceptiva, o mais perigoso são as “mulheres…

Detalhes