JOUT JOUT PAGU

‘100 Anos de Mulheres Incríveis’, campanha de YouTube homenageia mulheres icônicas representadas por youtubers famosas

Nesta quarta-feira (02) a youtuber Jout Jout anunciou em seu Facebook a campanha do YouTube para o mês das mulheres, na qual ela participa como representante do Brasil.     A iniciativa consiste em uma série de dez vídeos nomeados 100 years of Incredible Women (100 Anos de Mulheres Incríveis) que serão publicados esta semana…

Detalhes
weps_5-1024×678

No Dia Internacional da Mulher, 10 grandes empresas brasileiras anunciam assinatura aos Princípios de Empoderamento das Mulheres.

  ]Fox time, Great Place toWork, IBM Brasil, Laboratórios Sabin, Magazine Luiza, Maquina & Cohn, Maurício de Sousa Produções, Natura, Nestlé e Telefônica Dez empresas brasileiras anunciaram, no Dia Internacional da Mulher, a assinatura dos Princípios de Empoderamento das Mulheres. A Fox time, Great Place toWork, IBM Brasil, Laboratórios Sabin, Magazine Luiza, Maquina & Cohn,…

Detalhes
Sem título

Mulheres, futebol e patriarcado: com que direito excluímos e negamos a participação da mulher como agente principal do futebol?

Em fevereiro, torcedoras do Atlético Mineiro denunciaram que clube objetifica corpos femininos; em janeiro, Messi ganhou a Bola de Ouro pela 5ª vez, Marta realizou a façanha antes. Ele ocupou as manchetes, ela não Em meados de fevereiro as torcedoras do Atlético Mineiro publicaram um manifesto denunciando a “maneira objetificada e apelativa” que as mulheres…

Detalhes
kjhb

Brasileira negra ganha menos de 40% do salário de brasileiro branco, diz Ipea

Por mais que as mulheres estejam conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho ainda falta muito. Dados coletados pelo Ipea mostram que, em 1970, apenas 18,5% das mulheres eram economicamente ativas. Em 2010, este índice chegou a quase 50%. No entanto, as mulheres negras e pobres seguem sendo a base da pirâmide do mercado de trabalho — elas não chegam…

Detalhes

Polícia do Piauí cria aplicativo para combater crimes de vingança pornô

F A Polícia Civil do Piauí desenvolveu um aplicativo para telefone celular para orientar vítimas de vingança pornô, que tiveram imagens íntimas publicadas na internet indevidamente. O aplicativo “Vazow” está disponível para download na PlayStore desde esta terça-feira (8), e pode ser baixado por mulheres e homens vítimas do crime de “revenge porn”. O aplicativo funciona…

Detalhes