violência

UFMG mapeia violência doméstica por 5 anos em BH e conclui: tempo entre agressões diminui à medida que casos se repetem

Um estudo desenvolvido por pesquisadores do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (Crisp), sediado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), monitorou por um período de cinco anos os casos de violência doméstica em Belo Horizonte. E a conclusão do estudo traz um alerta: quanto mais os casos se repetem, menor é o intervalo…

Detalhes
médica na aldeia

A aldeia Ipatse ensina como a organização coletiva é potente pra enfrentar o coronavírus

A médica Giulia Parise Balbão, de 31 anos, está na linha de frente do combate ao coronavírus desde o começo da pandemia. A crise a fez vivenciar experiências extremas dentro do quadro de desigualdade no acesso à Saúde no Brasil. No início da pandemia, Giulia atuava em um dos maiores hospitais particulares do país ―o Sírio Libanês,…

Detalhes
engenheira-e1599240939150

Mulheres são a chave para resposta e recuperação da pandemia, diz vice da ONU

Mulheres jovens estão travando batalhas interconectadas por “justiça ambiental, econômica e racial”, disse a vice-chefe da ONU em uma discussão online na quinta-feira (3). Durante mesa-redonda com renomadas economistas do mundo todo, incluindo a brasileira Laura Carvalho, a vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed, disse que teve a honra de ouvir ideias ousadas apresentadas por “uma…

Detalhes