Instituto-Patrícia-Galvão-divulga-relatório-“papel-social-e-desafios-da-cobertura-sobre-feminicídio-e-violência-sexual”

INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO DIVULGA RELATÓRIO “PAPEL SOCIAL E DESAFIOS DA COBERTURA SOBRE FEMINICÍDIO E VIOLÊNCIA SEXUAL”

Estudo traz a análise de 1.583 matérias sobre homicídios de mulheres e 478 sobre crimes de estupro veiculadas em 71 veículos representativos das cinco regiões do país (Clique para acessar o relatório) No decorrer do primeiro ano de promulgação da Lei do Feminicídio (Lei nº 13.104/2015), o Instituto Patrícia Galvão – Mídia e Direitos lançou-se ao desafio…

Detalhes
carolina

Brasileira recebe prêmio Marie Curie por projeto com inteligência artificial para gerar energia elétrica sustentável

Proposta envolve o uso da inteligência artificial para identificar a melhor forma de gerar eletricidade. Foco é na qualidade de vida de comunidades carentes. Um dos prêmios mais cobiçados por jovens cientistas de todo o mundo foi entregue a oito pesquisadores. Entre eles, uma brasileira. Carolina Marcelino é doutora em modelagem matemática, tem 35 anos,…

Detalhes
imagem_materia

LEI TORNA OBRIGATÓRIA NOTIFICAÇÃO À POLÍCIA DE ATENDIMENTO DE CASO DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NA SAÚDE

Serviços de saúde públicos e privados são obrigados, pela nova lei, a comunicar à autoridade policial indícios de violência contra a mulher (Agência Senado, 11/12/2019 – acesse no site de origem) Foi publicada nova lei, nesta quarta-feira (11), que obriga profissionais de saúde a registrar no prontuário médico da paciente e comunicar à polícia, em…

Detalhes
violence-4207549_1920-960×540

DA VIOLÊNCIA MORAL À LETAL: ENTENDA COMO A VIOLÊNCIA DE GÊNERO PREJUDICA AS MULHERES

Na ocasião dos 16 Dias de Ativismo Pela Fim da Violência Contra as Mulheres e do Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de dezembro, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) lança série de reportagens sobre violências contra mulheres e meninas enquanto barreiras para a promoção de direitos. (ONU Brasil, 10/12/2019 – acesse no…

Detalhes
As-mulheres-estão-acordando-para-a-política

Mulher-laranja

Se estivéssemos no final da década de 2000, ao ler esse título você poderia pensar haver surgido mais uma “mulher fruta”, nome dado às dançarinas do funk carioca que possuíam corpos avantajados. Para a infelicidade do brasileiro não é desse tipo de fruta que vou falar, mas sim de um “tipo” que é considerado crime…

Detalhes