hyy

Diretora do FMI defende cotas para acelerar inclusão das mulheres no mercado

A direetora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, defendeu nesta terça-feira a existência de cotas de gênero para apoiar a inclusão feminina no mercado de trabalho, já que, caso contrário, a participação das mulheres não avançará rápido o suficiente. “Costumava pensar que era ofensivo contar com cotas de gênero. Até que olhei para a…

Detalhes