WhatsApp-Image-2019-06-19-at-20.20.37-1

Direito ao aborto legal é violado em mais da metade dos hospitais habilitados

Por Morgani Guzzo “Deus me livre!”, “claro que não faz aborto”, “aborto é crime e aqui não defendemos direitos humanos para bandido”. Essas frases, pronunciadas por profissionais da saúde de hospitais de referência para o atendimento de casos de aborto legal no Brasil, demonstram a atual situação de descumprimento da legislação que permite a interrupção da…

Detalhes
Capturar

97% DAS MULHERES DIZEM JÁ TER SIDO VÍTIMA DE ASSÉDIO NO TRANSPORTE PÚBLICO E PRIVADO NO BRASIL, DIZ PESQUISA

Quase todas as mulheres receberam cantadas indesejadas e comentários de cunho sexual, entre outros, no transporte público, segundo levantamento do Instituto Locomotiva e Instituto Patrícia Galvão.   Quase todas as brasileiras com mais de 18 anos (97%) afirmaram que já passaram por situações de assédio sexual no transporte público, por aplicativo ou em táxis, segundo…

Detalhes
1

Leandre quer Primeira Infância como agenda prioritária no PPA do Governo Federal

Caso a indicação seja atendida, haverá previsão orçamentária para ações voltadas à Primeira Infância no Brasil A deputada federal Leandre (PV-PR) apresentou, nesta quarta-feira (12), a Indicação 895/2019 à Casa Civil da Presidência da República para que a Primeira Infância seja inserida como agenda prioritária e programa de abrangência intersetorial na proposta do Plano Plurianual…

Detalhes
violencia-obstetrica-mulher-parto-sofrimento-1557171829913_v2_450x450

MINISTÉRIO DA SAÚDE MANTÉM DECISÃO DE NÃO USAR TERMO VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA, DIZ SECRETÁRIO

Ofício ao MPF foi interpretado nas redes sociais como recuo da pasta, que havia abolido termo de políticas públicas (Folha de S.Paulo, 10/06/2019 – acesse no site de origem) Apesar de reconhecer o direito de que mulheres usem a expressão “violência obstétrica”, o Ministério da Saúde mantém a decisão de não usar esse termo em…

Detalhes
admin-ajax

Projeto dá a mulher agredida no exterior o direito de ter processo julgado no Brasil

Deputada Leandre Dal Ponte é autora do projeto, que será analisado por duas comissões da Câmara AGÊNCIA CÂMARA NOTÍCIAS – O Projeto de Lei 1982/19, de autoria da deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR) altera a Lei Maria da Penha (11.340/06) para permitir que mulheres brasileiras vítimas de violência doméstica no exterior possam optar por terem…

Detalhes