passeata contra estupro

Estupro na USP: a ferida que não cicatrizou

Na última semana, o Tribunal de Justiça de São Paulo absolveu – ante a perplexidade das vítimas – o estudante de Medicina acusado de estuprar ao menos duas colegas e adulterar bebidas em festas acadêmicas. No fim do ano passado, ele concluiu o curso em uma das mais prestigiosas Faculdades de Medicina da América Latina.…

Detalhes