cartaz_esalq

USP de Piracicaba conclui sindicância de ‘ranking sexual’; 5 foram indicados

  Comissão responsável pelo caso terminou investigação interna em dezembro. Responsável por expor cartaz não foi apontado; alunos têm direito à defesa. A sindicância que investigou os responsáveis pelo “ranking sexual” na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), campus da USP em Piracicaba (SP), foi concluída. A instituição informou que, em dezembro, foram indicados cinco…

Detalhes